Posts Tagged ‘ azul ’

Teto Listrado

Boa ideia: Os móveis e revestimentos sofisticados não são o único diferencial do bar do Avalon Hotel, em Beverly Hills. Usando o branco e um suave tom de azul que remete ao clima ensolarado do lugar, a designer Kelley Wearstler criou no teto um jogo de listras que se alternam e trazem movimento ao espaço. A pintura divertida pode ser reproduzida em dormitórios, copas e até mesmo na varanda.

Descubra outros 5 exemplos de tetos coloridos AQUI.

Anúncios

Top 5 | Paredes Pintadas

Nada como um pouco de cor e estampas para alegrar superfícies monótonas como as paredes brancas. Descubra 5 opções que trazem mais vida aos espaços do lar.

# 1 A cor cinza não costuma ser usada em dormitórios infantis. Talvez seja justamente por isso que a autora do blog Weekday Carnival tenha escolhido esse tom para o quarto de seu filho. Pra alegrar a composição, a metade de cima recebeu um verde clarinho.

# 2 Para disfarçar a inclinação do teto do restaurante Ara Pizza, nos arredores de Barcelona, o designer Pablo Téllez decidiu cobrir as paredes com triângulos brancos, azuis e pretos, criando um interessante efeito óptico.

# 3 Se é fã dos tecidos Missoni Home mas os acessórios da grife não cabem no orçamento, que tal se inspirar nos famosos zigue-zagues e aplicá-los na parede?

# 4 Jurada do programa Top Design, a americana Kelly Wearstler é uma profissional reconhecida nos EUA. No projeto do hotel Avalon, em Beverly Hills, ela fez um mix inusitado: parede de tijolinhos + motivos gráficos. A estampa até lembra os papéis de parede da Ferm Living, não acham?

# 5 No site da revista House to Home, mais um exemplo de que cores escuras podem sim ser usadas em ambientes para crianças. Listras verticais formam um dégradé do preto ao cinza bem clarinho.

O apê surreal de Humberto Campana

* As fotografias dessa matéria foram retiradas a pedido dos detentores da imagem. 

* The photographs from this story were removed at the request of the holders of the images.

É sempre interessante poder conhecer o lar de arquitetos e designers, descobrir suas preferências e gostos e também conferir as soluções nascidas de suas próprias vontades, e não do desejo de clientes. Aqui no REFERANS já ‘visitamos’ as moradas de Maurício Arruda, Arthur Casas – no Rio e em NY – e de Guilherme Torres, entre outros.

Hoje adentramos no surpreendente universo particular de Humberto Campana, que, ao lado de seu irmão Fernando, consagrou o design high-end brasileiro no exterior.

Para adequar o apartamento paulistano ao seu dia-a-dia corrido e criativo, o proprietário contou com a ajuda do estúdio SuperLimão, um grupo de jovens profissionais com uma visão inovadora sobre os materiais e o morar. Sem paredes ou divisórias fixas, a não ser pelo dormitório, todo o espaço funciona como um verdadeiro laboratório artístico, onde Humberto pode desfrutar algumas de suas próprias criações e encontrar inspiração para futuros projetos.

De atmosfera informal e despojada, o living tem vista para a paisagem urbana e exibe poucos móveis, como os pufes gigantes BoaAster Papposus, assinados pelos irmãos. Inspirado pela premiada cadeira Favela, de 1991, um painel feito com sobras de madeira funciona como estante para armazenar os livros e CDs e também abriga a televisão. Nos banheiros, muita cor! Um deles é todo azul e o outro totalmente verde, com iluminação dramática e tubulação aparente.

Em todo o apê, finalizado em 2008, ambientes que unem múltiplas referências e revelam a inventividade excêntrica dos Campana.

O céu é o limite

Para uma empresa como a Nordic Unified Air Traffic Control, responsável pelo tráfego aéreo de uma parte da Europa, nada mais apropriado do que um escritório na cobertura de um prédio em Estocolmo, cercado por panos de vidro que deixam o céu totalmente visível em quase todas as salas.

Aliás, o céu também está presente nos interiores, cujos móveis e cores foram inspirados em modelos de aeronaves e nas diversas nuances de azul que marcam as manhãs, as tardes e as noites. O projeto foi idealizado pelo estúdio PS Arkitektur, responsáveis também pelo colorido escritório da Skype, que já mostramos aqui.

Fotos por Jason Strong.

Jamie Mills e as cores primárias

Formado em ilustração recentemente, o jovem Jamie Mills vive na Inglaterra e busca inspiração na natureza, nas estruturas e nas estampas que o cercam. Em seus trabalhos Jamie explora o preto e o branco e também as cores primárias, que aparecem em detalhes delicados trazendo vida às imagens. Conheça outras de suas criações em seu portfólio.

Top 5 | Ventiladores Vintage

Confira 5 produções encantadoras com esses acessórios delicados que trazem um ar romântico aos ambientes da casa. Inspirações pra quando o verão chegar!

# 1 Praticamente no mesmo tom de azul clarinho da mesa lateral, a peça antiguinha faz um charme sobre livros queridos.

# 2 Um modelo um pouco maior e já bem acabado funciona também como porta-retrato improvisado em uma residência em Milão. Conheça essa casa completa aqui.

# 3 Na companhia de um mapa rasgado, uma parede de madeira envelhecida e até um abajur com a cúpula amassada, o ventilador azul completa o glamour decadente de um dormitório com personalidade.

# 4 Sobre um inusitado arranjo de malas antigas o acessório deixa qualquer cantinho da casa mais atraente.

# 5 Uma pilha de livros, uma fita na parede, colares pendurados, fotos presas com fita adesiva e até uma galhada de veado. E claro, o ventilador prata fechando com chave de ouro. Pra quem tem estilo, decorar não é nada complicado.

Mosaico de Cores # 1

Já faz um tempo que venho selecionando diversas imagens de interiores e detalhes decorativos com cores fortes e marcantes. Decidi então criar uma série de posts especiais, sem textos, apenas mosaicos de fotos encantadoras pra alegrar o fim de semana.

Inspire-se!

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: