Posts Tagged ‘ Guilherme Torres ’

TOP 5 | PAREDES VERDE-ÁGUA

Encantador, vivo e ainda por cima relaxante, o verde-água parece ser a cor do momento. Pelo menos quando o assunto é paredes, e paredes bacanas. Descubra 5 projetos lindos e inspire-se também.

# 1 Criativo como sempre, o arquiteto Guilherme Torres elegeu a cor para trazer vida ao living de um apê de 145m² em Curitiba. A composição fica completa com os móveis, tapetes e tecidos em azul e verde.

# 2 Quem iria imaginar que o verde-água combinava tanto com madeira? Só mesmo o arquiteto e designer Paulo Alves, autor do décor desse dormitório.

# 3 Mesmo na quitinete de 36 m², o designer Gabriel Valdivieso não teve medo de usar as cores. A escolha da paleta nasceu inspirada pelo filme Maria Antonieta, de Sofia Coppola.

# 4 Não só na parede, mas também no mobiliário, os tons suaves são a graça do modesto living decorado pelo próprio morador.

# 5 Tijolinho é sempre lindo! Nessa cor então, beiram a perfeição. E ainda funcionam como fundo para as obras de arte.

Fotos 1 e 3 via Casa de Valentina | 2 e 4 via Casa Claudia | 5 via Pinterest

Anúncios

APÊ COOL POR GUILHERME TORRES

Descolado, moderninho, irreverente, arrojado… Tais adjetivos são usados com frequência pra descrever os tantos projetos incríveis do arquiteto Guilherme  Torres. De uns anos pra cá, o profissional tem ganhado cada vez mais destaque, inclusive internacionalmente.

Tanto que agora já virou fato: quando o assunto é criar um espaço autêntico que reflita a cultura jovem e urbana, não tem pra ninguém. Guilherme e sua equipe lideram o ranking. A bola da vez é o lar, doce lar do DJ Pil Marques, em São Paulo, que você conhece agora.

O desafio foi grande e até meio inesperado. Em poucos m² era preciso fazer caber não só o acervo de Pil, como também os objetos e cômodos de seus roommates, o artista Daniel Zanardi e a também DJ Adriana Recchi. A tarefa seria rotineira, e até simples, se não fosse pelas preciosas coleções do proprietário. Incontáveis bonecos toy art, discos de vinil e obras de arte exigiram do arquiteto muito jogo de cintura e um verdadeiro instinto de curador.

De frente para o hall de entrada, o equipamento sonoro — uma das grandes paixões do morador e também seu ganha-pão — recepciona os visitantes. Logo em seguida, o que mais atrai o olhar são as paredes da área social, coloridas em azul escuro na parte do sofá e em rosa forte na cozinha integrada. Apesar de vibrantes, as cores, assim como os móveis, funcionam como pano de fundo para que os objetos garimpados ao longo dos anos fiquem sob os holofotes. Como detalhes que exigem um olhar mais atento e demorado, tal qual uma exposição.

O quarto de Pil, como já era de se esperar, foi transformado em um refúgio não só para ele, como também para seus mais queridos bonecos, de relíquias vintage a modelos recém-lancados, passando por personagens do Star Wars e de desenho animado. É ali, cercado por seus pertences do coração, em meio ao caos organizado, que o DJ consegue realmente descansar e sentir-se em casa.

Não se cansa dos projetos do Guilherme? Nós também não! Clique na foto e descubra muitos outros já publicados aqui.

Fotos de Lufe Gomes via Yatzer

SEXTA INSPIRADA! LAVABOS

{ Ok, eu confesso que no último mês a “coluna semanal” acabou virando quinzenal, mas dezembro é sempre mais lento né? E agora ela volta com força total }

Sempre usados pelas visitas, os lavabos estão presentes em praticamente todo tipo de casa e apê. Mesmo pequenos, esses espaços podem revelar muito sobre a personalidade do dono da casa e causar grande impacto visual. Nos projetos abaixo, conheça ótimas propostas de como criar detalhes diferenciados e marcantes. Agora você não tem desculpas pra ter um lavabo sem graça!

Passagem Secreta

Depois da ousada reforma comandada pelo arquiteto Guilherme Torres, esse apê em Curitiba nunca mais foi o mesmo. { Veja o projeto completo aqui }. Com acesso direto ao hall de entrada, o lavabo precisava ficar totalmente camuflado à primeira vista, por isso o ambiente ganhou o mesmo piso de mármore do restante do imóvel e teve as paredes e porta revestidas de madeira ébano macassar.

Geometria colorida

Forrado de madeira clara, o lavabo dessa residência possui um pé-direito mais alto que o padrão, o que já contribui para que ele pareça maior, mas o detalhe mais bacana e original é a bancada da cuba, que lembra um diamante esculpido. Na cor azul marinho, a estrutura possui ângulos agudos e ainda contrasta com o vidro avermelhado da janela.

Improvisação e cor

Para sua pesquisa de mestrado “Habitar Híbrido: Interatividade e Experiência na Era da Cibercultura”, o designer Guto Requena encarou o desafio de decorar o seu próprio apartamento com um orçamento apertadíssimo. A alternativa foi encontrar soluções econômicas e ousadas, como a cuba do lavabo, que um dia já foi uma mera saladeira de plástico. Pra destacar ainda mais esse ambiente, Guto elegeu um forte tom de laranja.

 Bem iluminado

O destaque do espaço criado por Carolina Rocco é, sem dúvida, a cuba. Desenhada pela própria arquiteta, a peça foi executada em Corian, material versátil e de grande resistência, e apóia-se em uma prateleira estreita de pequiá. Para reforçar a continuidade com a área social, o piso exibe a mesma madeira de demolição do restante do living. Pela janela, a luz do sol invade o lavabo e traz a sensação de amplitude.

Coberto de estampas

O uso de papel de parede em lavabos é até bem comum. Por terem menos umidade que os banheiros com chuveiro, esses cômodos acomodam perfeitamente os revestimentos mais delicados. O que diferencia esse projeto dos outros é que o papel foi aplicado também no forro de gesso, estampando o teto com a padronagem trabalhada em azul e branco.

Beleza rústica

Em um reservado condomínio de Goiânia existe uma casa que se esconde na mata nativa, como um segredo a ser descoberto. A arquitetura e os interiores, com assinatura de Leo Romano, carregam uma estética contemporânea, mas ainda assim foi possível adicionar um toque de rusticidade a essa mistura. No lavabo, a parede é de madeira e a bancada em pedra possui dois níveis, deixando o espelho e os produtos fora do alcance da água.

Fotos via Guilherme Torres | Pinterest | Casa de Valentina | Casa Claudia | Anual Design

Top 5 | Bubble Chair

Criada em 1968 pelo finlandês Eero Aarnio, a Bubble Chair foi uma tentativa mais do que bem-sucedida de revolucionar os conceitos de poltronas e cadeiras da década anterior, propondo novas formas de sentar e trazendo um pouco de humor aos espaços. Tanto que, mesmo depois de 40 anos de história, ela continua atualíssima.

# 1 Em seu escritório, instalado em uma ampla cobertura no Itaim, a arquiteta Fernanda Marques elegeu as poltronas suspensas para criar uma composição informal no terraço.

# 2 Pendurada próximo à porta da varanda, o móvel prova nesse projeto que também pode ser usado em casas de praia.

# 3 Em meio a muitas outras peças descoladas, a Bubble aparece vestida de preto no living idealizado por Guilherme Torres. Conheça o restante dessa residência aqui.

# 4 Estampas no tapete, nas almofadas e na parede. Tudo combina e não fica carregado, mas os móveis precisaram ser neutros ou então transparentes, para não pesar no visual.

# 5 No dúplex da arquiteta Valéria Blay, peças bem-humoradas e de design assinado criam uma atmosfera lúdica para ela e a família viverem numa boa. A poltrona de Eero fica na family room, logo em frente à sala de ginástica.

Achados da Semana

Knowledge in the brain | apoio para livros criado por Karim Rashid. A peça está à venda na loja Scandinavia Designs.

Francis | espelho assinado por Constance Guisset para a marca Petite Friture e lançado durante a feira Maison & Objet, em Paris.

Fifties | mesa de jantar idealizada por Guilherme Torres. À venda na Dbox.

NUD | coleção de luminárias com bulbo aparente e fiação colorida da loja I Object Store.

Array | banco de alumínio cortado a laser e desenvolvido por Tomas Kral para a PCM Design.

Top 5 | Estampas no dormitório

Conheça 5 maneiras de usar cores e estampas para transformar o ambiente onde renovamos as energias.

# 1 No cômodo reservado aos hóspedes do arquiteto Guilherme Torres, tecidos das marcas Missoni e Marimekko, trazidos de Londres, alegram o sofá-cama feito sob medida.

# 2 Reforçando o visual romântico da cabeceira trabalhada, almofadas com estampas florais e papel de parede ton-sur-ton tornam o espaço de dormir mais delicado.

# 3 No dormitório publicado na edição de Setembro da revista Living Etc, florais clássicos e abstratos contracenam com o edredom rosado e o travesseiro dégradé.

# 4 Ás vezes, um mix totalmente inesperado e eclético dá mais certo do que usar poucas cores e padronagens. Do tapete às almofadas, losangos, bordados, flores e até um abacaxi.

# 5 Pra quem tem medo de errar na mistura de tecidos, basta usar um só. Uma colcha bem colorida traz vida mesmo a um quarto totalmente branco.

Sexta Inspirada! Mundo Cor-de-Rosa

Querendo ou não, o rosa é uma cor tipicamente feminina. Mas, isso não significa que ele precise ser usado somente em quartos de crianças de 10 anos. Aliás, nesses casos, acho o uso da cor um tanto maçante. Por isso escolhemos 6 projetos que usam o rosa de um jeito totalmente original, e nada de quarto de menina!

1. Desde 2003, uma loja no bairro do Brooklyn, em NY, é responsável por divulgar novos designers e produtos bacanas da área. O proprietário do estabelecimento, chamado The Future Perfect, é David Alhadeff, uma dessas pessoas que já nascem com estilo. Em sua casa, o rosa foi escolhido para alegrar os dois cômodos mais importantes: living e suíte principal, que ganharam janelas, portas, tubulação aparente, teto e até parede de tijolinhos nessa cor.

2. Na sala de jantar da confeiteira Adriana Carioba, os móveis têm cores de doce. Literalmente! Para definir em que tom as cadeiras Panton seriam pintadas, o arquiteto Guilherme Torres, responsável pelo espaço, precisou enviar uma goma de mascar ao fornecedor. O vermelho da parede quebra um pouco o vibrante rosa-chiclete, também presente nos acessórios.

3. Quem conhece os projetos do egípcio Karim Rashid não tem dúvidas sobre sua cor preferida. Até seus ternos são cor-de-rosa! Uma de suas empreitadas mais recentes foi a decoração do hotel Nhow, voltado para os músicos e fãs que precisem descansar entre as agitadas noites de Berlim. A maioria dos móveis usados no lobby, áreas comuns e suítes é assinada por ele, sendo que alguns foram feitos sob medida para o Nhow.

4. Para a famosa revista Elle Decor em sua versão sueca, o fotógrafo Magnus Anesund clicou esse ambiente de atmosfera pink. A não ser pelo piso e alguns móveis, a cor forte domina praticamente tudo, incluindo a base das janelas e os ornamentos do teto e das paredes. Difícil é alguém conseguir realmente viver cercado de tanto rosa, quem sabe Karim Rashid!

5. Ao projetar uma residência em Torres Vedras, Portugal, o designer de interiores Pedro Gadanho escolheu cores divertidas para definir cada cômodo. As escadas são umas mistura de azul, roxo e amarelo esverdeado, mas o destaque fica mesmo para a cozinha, com gabinetes totalmente rosa, que ocupam a parede inteira.

6. Uma das idéias da revista britânica House to Home para deixar a área externa com um clima ainda mais ensolarado é usar o rosa em detalhes como o tecido dos futons e almofadas no banco de alvenaria branco e nas louças de cerâmica usadas para servir petiscos. Presos ao pergolado com cobertura de bambu, mantos com diversos tons deixam esse cantinho ainda mais gostoso.

Veja também:

Sexta Inspirada! Amarelou

Sexta Inspirada! Laranja

%d blogueiros gostam disto: