Posts Tagged ‘ inverno ’

UMA CASA NA MONTANHA

Aos pés das montanhas da cidade de Vals, na Suíça, praticamente incrustada em um pequeno morro, uma cabana de 160 m² mescla-se à paisagem repleta de neve. Para os arquitetos Bjarne Mastenbroek e Christian Müller, projetar uma casa camuflada e que não agredisse a natureza era exatamente o objetivo. Além disso, a construção em formato côncavo deveria ser o mais sustentável possível, principalmente em relação ao aquecimento, item indispensável nos imóveis de uma região tão gelada.

O acesso ao interior da cabana é feito por um túnel subterrâneo com clarabóias ou pelo terraço. Tanto na sala quanto nos dormitórios, localizados no piso superior, recortes de vidro na fachada permitem a entrada de luz natural na maior parte do dia, o que favorece a economia de energia. Já a calefação é feita com o uso de combustíveis não fósseis, através da lareira e aquecedores menores.

Fotos via Interiormagasinet

Anúncios

Sexta Inspirada! Lareiras

Já que não dá pra fugir completamente do inverno, o jeito é celebrar as delícias que só essa estação proporciona, como curtir o calor do fogo e o som da lenha estalando na lareira. Confira alguns projetos com modelos inspiradores e veja também nossa matéria especial sobre como deixar a casa quentinha.

1. Instalada no meio do living, a lareira dessa casa publicada no livro 50 / 60 / 70 Iconic Australian Houses, de Karen McCartney, é genial. Além do lindo acabamento cimentício, o duto de exaustão é camuflado por uma coluna que sustenta a escada, enquanto o topo da lareira forma um dos degraus. Dessa forma, toda a estrutura fica suspensa e com um visual bem leve.

2. As mostras de decoração sempre reservam ótimas surpresas para quem busca inspiração e boas idéias. Quem visitou a Casa Cor São Paulo em 2009 deve se lembrar do Loft 24/7, projeto assinado por Fernanda Marques que integrava áreas internas e externas com maestria. Logo na entrada do espaço, um grande sofá cheio de almofadas se voltava para uma comprida lareira retangular de pedra, embutida na parede.

3. Batizadas de ‘il canto del fuoco’, essas lareiras desenvolvidas pela empresa italiana Antonio Lupi possuem linhas discretas e parecem dobras na parede. Super originais e contemporâneas, elas podem ser usadas em qualquer ambiente, até mesmo nos banheiros, como sugerido pela própria marca, e podem ser instaladas em paredes já existentes.

4. No living idealizado pela arquiteta Paula Mattar, a sensação é de aconchego. A lareira é o ponto de destaque do ambiente e mistura dois acabamentos diferentes: mármore travertino romano bruto, que reveste a moldura externa, e tijolos refratários cortados em filetes, na parte interna. Pra arrematar, uma faixa de luz indireta ressalta ainda mais a estrutura.

5. Em uma casa de campo, o ideal é um modelo mais rústico, como as lareiras revestidas de aço ou ardósia criadas pela marca inglesa Modus Design, que comercializa diversos tipos, de portáteis a suspensas. Para deixar o espaço ainda mais quente, vale investir em revestimentos como madeira de demolição e pedra natural.

6. Cercada pela mata, a residência projetada por Claudia Haguiara possui um living com pé-direito duplo e painéis de vidro que revelam a paisagem. Para aquecer um ambiente tão amplo nos dias de frio, a saída foi criar uma grande lareira, incrustada na parede de pedra moledo. Móveis herdados de família e um tapete quentinho completam o canto mais gostoso da casa.

Casa quentinha e aconchegante no outono-inverno

Nos dias frios do outono-inverno, é preciso quase que um ritual antes de sair de casa: primeiro a camiseta, seguida pela camisa, jaqueta, casaco, cachecol, meias, botas e luvas. Ufa! Você finalmente está pronto para enfrentar a friagem lá fora. Mas, e quando você está dentro de casa? Como espantar o frio dispensando as pesadas camadas de roupas? Se inspire com uma galeria de idéias simples e encantadoras, capazes de aquecer qualquer ambiente.

O frio nos convida a curtir a casa e a família. E, assim como nós, a casa também se veste para o inverno – às vezes, literalmente, como os bancos de madeira que ganharam adoráveis meinhas de tricô – e é nessa estação que mantas quentinhas e tapetes felpudos saem dos armários para esquentar as noites geladas. Também vale usar peles — falsas, é claro — e almofadas macias, que dão ainda mais vontade de ficar no sofá debaixo das cobertas.

E não é só porque estamos perto do inverno que é preciso abandonar totalmente as varandas e os jardins. Uma simples rede na sacada pode se tornar um cantinho aconchegante se estiver forrada de mantas gostosas e com comidinhas pra acompanhar, como chocolate quente e pipoca. Outra ótima idéia: quem não tem lareira portátil e não quer gastar comprando uma, pode jogar várias velas em um pote de vidro colorido e pronto! Além de aquecer, é um detalhe lindo e original.

Um chazinho também é uma ótima pedida para aquelas manhãs e tardes geladas de fim de semana. E à noite, um bom vinho compartilhado com os amigos, acompanhando uma sopa ou mesmo uma pizza.

A hora de dormir pode ser um dos momentos mais críticos do dia, e nada melhor do que deitar em uma cama acolhedora e bem confortável. O modelo azul abaixo se chama Flair de Luxe, e é um produto da marca Poltrona Frau. Vale destacar também o papel de parede que simula uma malha. Lindo!

Sou absolutamente fã dos móveis de tricô. Pequenos pufes arredondados, quadrados, ovais, com pés ou sem, enfim, de qualquer jeito eles são demais!

1 e 2. Pufes e colcha com estampas da ilustradora Donna Wilson // 3. Pendentes Granny, com cúpulas de tricô. Da marca Casamania.

4. Luminária FireKit, com formato de fogueira, da marca Skitsch, à venda na A Lot Of // 5. Luminárias Ponto, desenvolvidas pelo Studio Haz, à venda na A Lot Of // 6. Bandeja com fundo de tricô da Sala Design.

7. Mesa para área externa com pira embutida, uma criação das marcas austríacas Concreto e Viteo

Sexta Inspirada! É época de Vinho

Com o friozinho do inverno cada vez mais perto, o mercado de vinhos se aquece. Isso porque todo mundo sabe que ele é a bebida ideal para acompanhar sopas e pratos mais quentes e também para ser degustado no conforto do lar, de preferência com uma lareira acesa e uma boa companhia, é claro. Confira abaixo alguns projetos de adegas e vinícolas inusitadas que reverenciam os bons vinhos.

1. Primeiro foram as casas, depois as lojas e hotéis, seguidos pelos escritórios e bancos, e agora, até mesmo as vinícolas estão se rendendo aos encantos do design de interiores. Localizada em Napa Valley, na Califórnia, a vinícola Merus é um ótimo exemplo dessa mudança no mercado de vinhos. Com projeto idealizado pelo estúdio holandês Uxus Design, o estabelecimento surpreende qualquer visitante com suas salas de aspecto cavernoso e rústico, mas com elementos contemporâneos marcantes, como as luminárias da Foscarini.

2. Em seu ambiente na mostra Casa Cor São Paulo 2011, a designer Flora Nicotero criou uma adega aconchegante para ser desfrutada a dois. Ela buscou quebrar aquela convenção de que a degustação de vinhos é um hobby exclusivamente masculino, trazendo um pouco da delicadeza feminina em detalhes como o abajur e os quadros. O móvel amarelo de canto é uma criação do Estudiobola.

3. Na loja Albert Reichmuth Wine, em Zurique, as caixas que embalam as garrafas de vinho são mais do que simples recipientes de madeira, elas compõem a arquitetura e os móveis do espaço. Cerca de 1.500 foram usadas pelo estúdio OOS para criar displays para os produtos, peças para armazenamento, prateleiras e até mesmo os bancos que acomodam os clientes. O objetivo foi justamente destacar as garrafas, sem outros elementos que desviassem a atenção.

4. Em comemoração ao aniversário de 125 anos, festejado em 2006, a famosa vinícola espanhola Tondonia convidou a arquiteta Zaha Hadid a projetar um pavilhão futurista para abrigar uma antiga loja, criada pelo fundador da marca em 1910 e restaurada por seus descendentes. O resultado final foi uma obra arquitetônica única, com as curvas que marcam o trabalho de Hadid e ainda por cima com formato que lembra uma garrafa de vinho ornamental.

5. No ano passado, a Adega do Colecionador, também na Casa Cor São Paulo, foi um espaço muito interessante, marcado pela sofisticação e pelo clima intimista. As responsáveis pelo projeto de 23m² são Priscila Baliú e Silvia Franchini, que uniram área externa e interna, transformando o ambiente no lugar ideal para receber os amigos mais próximos e armazenar os preciosos vinhos com o cuidado que merecem.

6. Pra finalizar, uma adega mais modesta, mas não menos charmosa. O piso estampado contrasta com o revestimento rústico de madeira que cobre paredes e móveis, inclusive o banco, cuja base também serve para armazenar algumas garrafas, otimizando o espaço.

Veja aqui mais 3 projetos de lojas de vinho, em Barcelona, Singapura e Alemanha.

%d blogueiros gostam disto: