Posts Tagged ‘ loft ’

TOP 5 | PAREDES DE PEDRA

De uma beleza crua e rústica, as pedras são uma ótima opção para quem quer trazer a natureza mais pra perto. Além da textura sempre interessante, elas ainda refrescam no verão e trazem aconchego no inverno. Confira sugestões para diferentes ambientes da casa.

# 1 Na cor branca, as pedras que revestem as paredes do lobby do W Hotel, na Tailândia, chamam a atenção dos hóspedes e remetem às deslumbrantes paisagens da região. O projeto é do MAPS design.

# 2 Nessa sala de banho, o acabamento interno e externo das paredes é o mesmo, passando a sensação de se estar tomando um banho de cachoeira, ao ar livre.

# 3 Com um estilo bem atual que pode ser chamado de ‘rústico contemporâneo’, essa cozinha exibe um revestimento de pedras claras ao lado de armários de linhas minimalistas.

# 4 Em tons neutros, o living da residência idealizada pelos arquitetos do estúdio Antonio Eraso Co. possui acabamento em pedras que emoldura obra de arte.

# 5 Beto Faria e Jacqueline Rodovalho elegeram pedras escuras para cobrir os muros da área externa do loft que pertence ao filho de Fernando Jaeger, designer de móveis.

Descubra uma loja decorada por Pedro Lázaro com diversas paredes em pedra gabião.

Anúncios

Loft por Pedro Lázaro

Construída para a mostra Casa Cor Minas Gerais de 2009, a caixa de madeira que abrigou o loft assinado por Pedro Lázaro era uma estrutura temporária e desmontável, mas que poderia facilmente ser adaptada a uma casa permanente e muito estilosa. Em todo o projeto o arquiteto deu prioridade ao mobiliário de design nacional e ao uso de materiais sustentáveis, como a peroba de demolição e os restos de telhado que revestiam toda a fachada.

* Clique nas imagens para vê-las em um tamanho maior. Vale a pena!

Posicionado no topo de uma elevação do terreno, o loft ainda se beneficiava da vista para a lagoa Pampulha, em um cenário contemplativo que emanava tranquilidade. Os móveis, que incluíam peças assinadas por Carlos Motta e Etel Carmona, foram todos produzidos com madeiras certificadas, reforçando o respeito à natureza.

Fotos por Jomar Bragança via São Romão

Sexta Inspirada! Casa Cor Minas Gerais

No dia 20 de Agosto foi aberta ao público a mostra Casa Cor Minas Gerais 2011, que comemora sua 17ª edição em uma área de 30 mil m² nos arredores de Belo Horizonte. São mais de 80 profissionais responsáveis por 55 espaços que reúnem ideias, tendências e o melhor do design de interiores do estado. Escolhemos os seis projetos mais bacanas pra dar a vocês um gostinho de tudo o que o evento reserva.

* Clique nas imagens para vê-las em um tamanho maior.

Sala de TV por Bernadette Correa

Premiada como o Melhor Projeto da mostra, a Sala de TV idealizada por Bernadette Correa une sofisticação e estilo em uma atmosfera casual e familiar. A grande vedete do ambiente é o Lyptus, madeira ecofriendly que reveste as paredes, o teto e o piso, criando uma verdadeira ‘caixa’ onde móveis aconchegantes contracenam com luminárias de grandes marcas. Outro ponto de destaque é a estante com nichos iluminados.

Living do Enólogo por Angélica Araújo

No Living do Enólogo, de Angélica Araújo, o cinza domina a paleta de cores e traduz a sobriedade de um cômodo masculino, destinado aos amantes do vinho e seus momentos de lazer. Na mesa de jantar, cadeiras de palhinha e um móvel espelhado que funciona como bar e adega, armazenando as garrafas de bebida.

Loft 43 por Luís Fábio Rezende

Elegância é a palavra-chave do Loft 43, assinado por Luís Fábio Rezende. Móveis contemporâneos e clássicos receberam revestimentos luxuosos como camurça, couro, seda e até mesmo folhas de ouro velho. Nas paredes, painéis em laca preta brilhante, espelhos, vidro preto e pastilhas em tons de bronze. Atrás do sofá, uma pequena copa/bar tira proveito da metragem reduzida usando um aparador de Jader Almeida como mesa.

Sala de Banho por Christianne Taranto

Apesar de ser chamado de Sala de Banho, o espaço projetado por Christianne Taranto é bem mais do que isso. Além da área destinada à banheira e ao chuveiro, a profissional planejou também uma bancada de maquiagem, uma cama de massagem e um pequeno estar com direito à televisão e lareira. Cobrindo uma das paredes, os ladrilhos hidráulicos especiais com desenhos de rosas em alto relevo garantem a feminilidade da composição.

Sala de Estar por Estela Netto

Criar um lugar para a família se reunir e desfrutar de bons momentos juntos. Foi com esse objetivo que a arquiteta Estela Netto concebeu a Sala de Estar, um ambiente que prima pelo conforto e bem-estar. Com dimensões generosas e tons neutros, os móveis usados foram desenhados pela própria arquiteta, assim como o painel de ônix iluminado. Próximo à televisão, um jardim vertical de samambaias traz um charme tropical.

Spa por Pedro Lázaro

Sem dúvida o Spa de Pedro Lázaro é um dos espaços mais interessantes de todo o evento. Sobre o fundo branco dos revestimentos, toques de cor aparecem na bancada amarela que abriga a cuba e na estrutura preta que funciona como divisória vazada. Impossível não notar o incrível projeto de iluminação: sancas estreitas recortam as paredes e o teto criando um efeito futurista.

Para maiores informações, como datas, horários e valores, visite o site oficial.

Fonte Imagens: Casa e Imóveis UOL

Apê no Ibirapuera por Francisco Calio

Além do generoso pé-direito, valorizado pelas amplas janelas que trazem luminosidade, o grande diferencial do living desse apartamento no bairro do Ibirapuera, em São Paulo, é a parede com acabamento que simula concreto aparente. Foi o tom de cinza da tinta Suvinil que orientou o designer Francisco Calio na escolha do piso de madeira cumaru e na composição de cores e móveis do apê.

Com exceção das suítes, todos os cômodos, inclusive a varanda, são integrados por painéis de correr de madeira escura, substituindo as paredes. Próximo à mesa de jantar, com cadeiras Panton brancas e pendente Mirror Ball, de Tom Dixon, uma parede de tijolinhos reforça o visual de loft moderno do imóvel.

Apesar de adorar os ambientes do Calio, confesso que senti que falta um pouco de vida nesse apartamento, me parece sem identidade. Se houvessem mais objetos decorativos e de família, o resultado seria mais humano e acolhedor.

Confiram outros projetos mais inspiradores do designer aqui.

Apê com ares de loft nova-iorquino

A pedido do proprietário, o arquiteto Francisco Pinto reformou esse apartamento em um prédio baixinho de Porto Alegre e o transformou em um verdadeiro loft de Nova York. O resultado só foi possível graças à tubulação aparente e aos revestimentos de visual rústico, como as paredes de tijolinhos, presentes em praticamente todos os ambientes, e a madeira de demolição, que aparece nas bancadas da cozinha e camuflando a coifa.

Detalhes como a marcenaria escura e os móveis de ares clássicos contribuem para uma atmosfera masculina e elegante. Para não comprometer a luminosidade dos espaços, cortinas de voal cobrem as amplas janelas, permitindo que os raios de sol entrem e sejam refletidos no piso de tacos claros e nos armários espelhados da copa.

Fotos por Evelyn Muller

Sótão iluminado

Pra alegrar um pouquinho esse final de sexta, vejam o ensaio fotográfico produzido pela designer de interiores sueca Nanna Lagerman para a revista Elle Interiör. A sessão foi comandada pelo fotógrafo Philip Karlberg e aconteceu em um amplo sótão super iluminado, com telhado de vidro, piso de madeira clara e acessórios em tons neutros. Detalhes cenográficos como os diversos travesseiros pendurados sobre a cama e os tapetes desenhados com durex branco completam a produção.

Reparem no lindo cofre / cabeça de vidro

Loft europeu em Nova York

Em uma cidade eclética e internacional como Nova York, encontramos lares de todo tipo, super modernoscompactos ou com grandes jardins. Localizado no badalado bairro Soho, o loft da designer Harriet Maxwell Macdonald, da loja Ochre, e seu marido é um exemplo de imóvel com ares europeus e que segue o conceito do ‘menos é mais’. O segredo está na mistura de peças antigas e contemporâneas, sem muitos acessórios e nenhum exagero, apenas o essencial.

Isso permite que detalhes como o lustre circular e o teto trabalhado sejam valorizados sem trazer poluição visual. A paleta de cores também é reduzida, marcada pelo branco e alguns tons de cinza, além de poucos objetosem rosa. Noliving, espelhos enferrujados, grandes janelas e lindos pendentes dão o toque final.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: