Posts Tagged ‘ paredes ’

FRONTÃO DE SEIXOS

Boa ideia: Quem sonha com uma decoração autêntica e surpreendente precisa estar atento a todos os detalhes. O frontão da bancada da pia, por exemplo, pode ser algo muito mais criativo do que um simples acabamento de granito com frisos. Que tal inovar nos materiais? Nessa cozinha, a parede foi coberta por seixos clarinhos, dando um visual totalmente diferente ao ambiente.

Foto via Better Homes and Gardens

TUBULAÇÃO APARENTE

Boa ideia: Já deu pra perceber que o visual industrial e brutalista está fazendo o maior sucesso né? E como não faria? Manter as instalações elétricas e hidráulicas aparentes é uma solução econômica, atual e descolada. Não podia ser melhor! Em alguns casos, além do resultado estético, as tubulações ainda ganham outras funções, como os canos de cobre dessa cozinha, que funcionam como porta-pano de prato, apoiam ganchos para as panelas e até pro escorredor.

Foto via Pinterest

TOP 5 | LADRILHOS HIDRÁULICOS

Quem resiste a um lindo piso, parede ou painel coberto por ladrilhos coloridos e estampados? Herança européia, esses revestimentos surgidos no século XIX estão mais atuais do que nunca! Veja 5 opções de como usá-los na decoração e vá garimpar os seus.

{ Nunca esqueço do dia em que estava num restaurante com meu pai e ele me explicou direitinho como os ladrilhos hidráulicos eram feitos e como o trabalho era delicado e artesanal… Desde então, sou apaixonada por eles. }

# 1 No home office da casa projetada pelo escritório ASKarchitects na Grécia, o piso ganhou um desenho floral em tons de cinza e branco. Os móveis e objetos contemporâneos quebram o ar tradicional da composição.

# 2 Esse pequeno nicho na parede da cozinha não teria nem metade do charme se não fosse pelo acabamento de ladrilhos. Ao invés de armário, prateleiras sem portas para revelar o fundo delicado em rosa, vermelho e preto.

# 3 Já na cozinha decorada pela dupla do estúdio Arquitetura Paralela, o piso com detalhes geométricos é o grande chamariz do ambiente. Por conta da ausência de armários sob a pia, a estampa fica ainda mais visível.

# 4 A casa reformada pelo designer Francisco Cálio no litoral paulista guarda muitas histórias. Algumas delas ficam expostas nos pisos, que revelam misturas de ladrilhos de épocas e estilos diferentes. Quase como um registro histórico particular.

# 5 Feitos à mão, os ladrilhos da marca Marrakech Design são assinados por grandes designers, como os arquitetos suecos do Claesson Koivisto Rune. O modelo abaixo é da linha Stone.

Fotos via Yatzer | Pinterest | Casa de Valentina | Evelyn Muller | The Bohmerian

TOP 5 | PAREDES VERDE-ÁGUA

Encantador, vivo e ainda por cima relaxante, o verde-água parece ser a cor do momento. Pelo menos quando o assunto é paredes, e paredes bacanas. Descubra 5 projetos lindos e inspire-se também.

# 1 Criativo como sempre, o arquiteto Guilherme Torres elegeu a cor para trazer vida ao living de um apê de 145m² em Curitiba. A composição fica completa com os móveis, tapetes e tecidos em azul e verde.

# 2 Quem iria imaginar que o verde-água combinava tanto com madeira? Só mesmo o arquiteto e designer Paulo Alves, autor do décor desse dormitório.

# 3 Mesmo na quitinete de 36 m², o designer Gabriel Valdivieso não teve medo de usar as cores. A escolha da paleta nasceu inspirada pelo filme Maria Antonieta, de Sofia Coppola.

# 4 Não só na parede, mas também no mobiliário, os tons suaves são a graça do modesto living decorado pelo próprio morador.

# 5 Tijolinho é sempre lindo! Nessa cor então, beiram a perfeição. E ainda funcionam como fundo para as obras de arte.

Fotos 1 e 3 via Casa de Valentina | 2 e 4 via Casa Claudia | 5 via Pinterest

RESTAURANTE MEATLIQUOR

Durante o verão londrino de 2011, vans, quiosques e todo tipo de lanchonetes e restaurantes pop-up fizeram o maior sucesso. Um dos mais disputados foi o Meatwagon, uma unidade móvel comandada pelo chef Yianni Papoutsis desde 2009. O sucesso agora já é tanto que ele decidiu investir em um ponto fixo, projetado com a ajuda do estúdio Shed e onde a decoração de clima industrial e até meio dark cria uma identidade única e marcante.

O espaço, que antes abrigava uma cantina italiana, ganhou uma cara totalmente diferente depois que as paredes foram pintadas de preto. Já existentes, a cúpula do teto, as colunas e alguns detalhes de gesso nas paredes, todos em estilo rococó, são elementos que foram incorporados à nova proposta de uma maneira contemporânea. O visual urbano fica completo com os letreiros neon que carregam o nome do lugar e com o painel artístico assinado pelos designers do I Love Dust.

Fotos via We Heart UK

SEXTA INSPIRADA! PAREDES

Toda casa tem paredes estratégicas que não podem ficar em branco, pode ser no hall de entrada, ao lado da mesa de refeições ou atrás do sofá. Em locais de destaque, elas clamam por um detalhe especial, uma composição de quadros, um revestimento bem diferente ou pelo menos uma pintura marcante. A seguir, várias sugestões bacanas pra fazer brotar a inspiração.

Atraente ao toque… e ao olhar

A casa da arquiteta e designer italiana Monica Armani é um reflexo de tudo aquilo em que acredita. A seu ver, os ambientes só se tornam atemporais quando preservam espaços em branco, vazios, mas sem deixar de passar uma sensação de aconchego, como todo bom lar, é claro. Talvez seja por isso que ela tenha escolhido um revestimento tão sensível pra cobrir algumas de suas paredes. Aplicado em diversas camadas, o feltro cinza transformou um espaço vazio sem graça em uma superfície gostosa de tocar.

Resgatando memórias

Acho que é seguro dizer que Marcelo Rosenbaum é o designer de interiores mais conhecido do Brasil. E não é só pela participação em um programa de televisão não. Seu talento e originalidade vão muito além disso, como também o compromisso de tornar o design mais acessível. Em seu próprio lar doce lar, Marcelo usou ideias irreverentes pra criar o clima perfeito pra sua família. No living, um desses detalhes inusitados: paredes de fulget preto que lembram a casa de sua avó.

Cor neles!

Quem é que não gosta de tijolinhos? Pessoalmente, eu adoro, mas acho que eles ficam beeem mais divertidos quando são pintados de preto, rosa, azul, roxo… Essa sala de jantar é uma prova de que nem sempre esse acabamento — ou falta de — precisa ter aquela cara rústica. Aqui ele aparece em versão contemporânea, mas ainda assim transmite aconchego.

Bloquinhos de madeira

Calma, calma… Não estamos falando daqueles bloquinhos de montar de criança – se bem que já vi um projeto assim em algum lugar. Bom, os blocos em questão são uma invenção divertida do escritório Wolveridge Architects, que não hesitou e acabou revestindo toda uma parede com acabamentos quadrados de madeira envelhecida. Instaladas sobre a lareira da sala de jantar, os toquinhos revelam um jeito atual de explorar o charme do rústico.

De bom tom

Ok, pintar uma das paredes de um cômodo de alguma cor forte não é nenhuma novidade. Mas, esse caso é diferente. Além de o tom escolhido ser um ousado laranja vibrante, a parte mais legal é que a pintura não se limita apenas à parede em si, mas também cobre os objetos e equipamentos que ficam presos a ela, camuflando até mesmo as coisas de maior volume, como o aquecedor.

High Low

O sofá da sala pode ser caro, de alguma marca internacional famosa como Moroso ou Ligne Roset, mas quem disse que o resto das peças não pode ser barato? Essa é a brincadeira do High Low. No projeto de pegada sustentável da arquiteta Juliana Traldi, o high são os itens do mobiliário, enquanto o low é o revestimento da parede. Não parece, mas ela está forrada de rolos de papelão, o que cria uma textura de tubos interessante e original.

Mural de referências

Já imaginou que as paredes podem também servir como enormes murais? Colar fotos direto sobre a pintura pode parecer loucura pra alguns, mas muita gente faz isso e adora o resultado. Lá nos países escandinavos, já até virou tendência pregar fotos, pôsteres e estampas gráficas direto com fita adesiva. Estampadas ou em cores neon, essas fitas acabam se tornando mais um charme da composição.

Fotos via Elle Decor It | Casa Claudia | Archdaily | Pinterest

HOTEL EM PARIS

A apenas cinco minutos de caminhada da famosa avenida Champs Elysées, o Hôtel du Ministère recebe seus hóspedes com cores vibrantes e estampas geométricas divertidas. Inovador, o projeto de reforma ficou a cargo do designer François Champsaur, que desenvolveu os espaços internos quase como se tivessem personalidade própria. O lounge, por exemplo, reúne um mar de pufes e sofás em vários tons de azul que ganham ainda mais vida com a luz do sol, convidada a entrar pela grande abertura de vidro no teto.

Apesar de usar padrões gráficos fortes e cores intensas, François conseguiu criar uma atmosfera extremamente elegante onde o mix de madeira, mármore e tecido é o grande protagonista. Cada suíte do hotel-butique revela algum detalhe diferenciado, alguma nova textura, almofada ou até outra disposição de móveis. Dessa forma, o conceito de exclusividade ganha ainda mais valor.

Fotos via TheDesignerPad

%d blogueiros gostam disto: