Posts Tagged ‘ sala de banho ’

TENDÊNCIAS DE DECORAÇÃO PARA 2012

Finalmente estamos de volta e já com boas novidades! Quer descobrir quais são as maiores tendências do morar para esse ano que se inicia??? Hoje fiz um post lá no Casa de Valentina sobre o tema, com mensagens e imagens definitivamente inspiradoras, pra você curtir cada vez mais a sua casa. Afinal, entre todas as macro e micro tendências de 2012, a que mais se destaca é: AME O SEU LAR!

{ Clique na foto e leia a matéria exclusiva no Casa de Valentina !!! }

Anúncios

APARTAMENTO HARMONIA DO COLETIVO WHYDESIGN

Referências ao movimento brutalista estão por toda a parte nessa cobertura de 132 m² na Vila Madalena, em São Paulo. Da laje original às vigas de concreto, o apê expõe sem medo – e sem maquiagem – todos os detalhes que definem sua estrutura. A reforma às avessas, que durou cerca de 5 meses, foi comandada pelo coletivo WHYDESIGN, formado por Guto Requena, Maurício Arruda e Tatiana Sakurai, todos já conhecidos pela busca constante por novos conceitos.

Claro que os moradores, um administrador paulistano e um advogado/designer brasiliense, tiveram grande participação no resultado final da decoração, que ganhou ares masculinos não só pelos acabamentos escolhidos, mas também pelo jeito prático e “sem frescura” de distribuir os ambientes. Diversos tons de cinza orientam a paleta de cores sóbria, suavizada pelas paredes de alvenaria e azulejos brancos.

Como já é comum na maioria das casas, a cozinha integra-se ao living, deixando o andar de baixo quase sem paredes, totalmente aberto. Pra reforçar a sensação de amplitude e unidade visual, os designers propuseram o uso de um mesmo piso em todo o apartamento, o ladrilho hidráulico cinza, que reveste inclusive a suíte e o closet, no pavimento superior.

Ainda na área social, a iluminação também chama a atenção, formada por calhas em ziguezague que abrigam lâmpadas fluorescentes de efeito amarelado. Ali, a escada de formas orgânicas atua como protagonista ao lado de móveis de design assinado, como as ousadas peças concebidas por Rodrigo Almeida.

Com teto de madeira pra proporcionar mais aconchego, o andar de cima também traz soluções arquitetônicas interessantes. A primeira delas é a ligação entre dormitório e sala de banho, que se dá através de portas pivotantes escuras. A segunda, e ainda mais surpreendente, é o box do banheiro, fechado por uma folha de vidro que revela a vista para a varanda – e para a cidade lá fora.

Fotos via Flodeau

UM APÊ CHEIO DE IDEIAS BACANAS

Dois anos e meio foi o tempo que levou para que essa cobertura na cidade de Kiev, na Ucrânia, fosse entregue ao dono pronta pra morar. Foram doze meses para amadurecer o conceito e os projetos, e mais um ano e meio de obras. Falando assim pode até parecer muito, mas, se analisarmos o resultado e a enxurrada de boas soluções do apê, dá pra entender que esse prazo foi mais do que aceitável.

O morador, um jovem com um filho de 7 anos de idade, contratou os arquitetos do estúdio 2B Group para conceber espaços amplos e iluminados usando apenas materiais ecofriendly, sem nada de plástico, nada de brilho e nada artificial. Tantas exigências reduziram um pouco a paleta de acabamentos disponíveis, mas nada que os arquitetos não contornassem com o uso do concreto, da madeira e do metal. Dividido em três andares, o apartamento conta com um amplo terraço no piso superior que virou a área de lazer privilegiada dos proprietários.

AS MELHORES IDEIAS

LIVING

* Marcenaria diferenciada no painel da TV.

* O lavabo fica escondido em um um contêiner feito sob medida.

* Lousa na sala de jantar e furos na coluna de concreto para armazenar garrafas.

ÁREA ÍNTIMA

* Escada suspensa de aço + jardim vertical + grades delicadas como guarda-corpo.

* Cantinho com futons funciona como um lounge particular e inspira relaxamento.

SUÍTE MASTER

* Sala de banho totalmente integrada à Suíte Master.

* Cama embutida no assoalho com iluminação.

DORMITÓRIO INFANTIL

* Tudo acontece no mesmo ambiente: brincadeiras, estudos e noites bem dormidas.

* Banheiro colorido, com cubas de piso e obra de arte lúdica na parede.

Fotos via Contemporist

TOP 5 | PAREDES DE PEDRA

De uma beleza crua e rústica, as pedras são uma ótima opção para quem quer trazer a natureza mais pra perto. Além da textura sempre interessante, elas ainda refrescam no verão e trazem aconchego no inverno. Confira sugestões para diferentes ambientes da casa.

# 1 Na cor branca, as pedras que revestem as paredes do lobby do W Hotel, na Tailândia, chamam a atenção dos hóspedes e remetem às deslumbrantes paisagens da região. O projeto é do MAPS design.

# 2 Nessa sala de banho, o acabamento interno e externo das paredes é o mesmo, passando a sensação de se estar tomando um banho de cachoeira, ao ar livre.

# 3 Com um estilo bem atual que pode ser chamado de ‘rústico contemporâneo’, essa cozinha exibe um revestimento de pedras claras ao lado de armários de linhas minimalistas.

# 4 Em tons neutros, o living da residência idealizada pelos arquitetos do estúdio Antonio Eraso Co. possui acabamento em pedras que emoldura obra de arte.

# 5 Beto Faria e Jacqueline Rodovalho elegeram pedras escuras para cobrir os muros da área externa do loft que pertence ao filho de Fernando Jaeger, designer de móveis.

Descubra uma loja decorada por Pedro Lázaro com diversas paredes em pedra gabião.

TOP 5 | ESPELHOS + BANHEIRO BRANCO

Banheiros brancos e espelhos. Taí uma dupla das antigas, já meio batida e normalmente usada sem muita ousadia. Mas, nem tudo está perdido! Ainda dá pra obter um resultado bem inusitado com essa parceria. Comprove nossa teoria com esses 5 projetos de criatividade pura.

# 1 No apartamento decorado pelos arquitetos do Shelton, Mindel & Associates, o banheiro possui um box camuflado por portas espelhadas que vão do piso ao teto.

# 2 Marcel Wanders, designer holandês famoso por suas criações e espaços lúdicos, é o responsável pela ambientação do hotel Kameha Grand, na Alemanha. Nas amplas salas de banho das suítes, Marcel cobriu as paredes com arranjos de espelhos em diagonal. (Conheça um apê maluco decorado por ele.)

# 3 O banheiro era apertado e tinha tudo pra ser um lugarzinho bem sem graça até que o estúdio Tulp entrou em ação e criou uma divertida composição de molduras brancas que cobrem praticamente todas as superficies.

# 4 Além de eleger um modelo romântico, em estilo veneziano, para a área acima da bancada, Marcelo Rosenbaum revestiu as portas do gabinete com espelhos quadrados com bisotê.

# 5 Em formato de blocos retangulares, as cubas de coluna da marca australiana Omvivo ganharam espelhos da exata mesma largura, instalados a certa distância da parede para não bloquear a luminosidade natural.

Sexta Inspirada! Jardim Vertical

Não é de se estranhar que os jardins verticais tenham conquistado tantos adeptos. Já que as cidades ficam cada vez mais cinzas e a maioria das casas e apês não tem quintais ou varandas, a melhor solução é apelar pras paredes e cobri-las de verde. A crescente busca por estar mais próximo da natureza é uma tendência que, ao que tudo indica, ainda estará presente por muitos anos. Quem sabe num futuro próximo todo mundo não terá um jardim vertical?

Verde ao redor da piscina

Para aproveitar ao máximo a generosa área externa com piscina, a moradora desse imóvel sabia que precisaria de um profissional talentoso para conceber um paisagismo de encher os olhos. Sem hesitar, ela logo contratou o experiente Gilberto Elkis, que bolou um jardim exuberante, com muros repletos de espécies em uma grande variedade de cores e folhagens.

Blocos invertidos e fundo roxo

Algumas ideias surgem assim mesmo, vemos em algum lugar e nos empolgamos pra repetir em casa. Foi assim com a dona de uma residência em São Paulo. Certo dia ela viu o paredão de uma loja com blocos invertidos e vasos encaixados, achou lindo e pediu um igual pras meninas da Casa 14 Arquitetura, responsáveis pela reforma. O tom de roxo foi só pra trazer ainda mais graça.

Vertical e suspenso

Quem já leu aqui no REFERANS sobre os Woolly Pockets sabe que esse produto versátil é a alternativa perfeita pra criar uma paisagem vertical sem causar um rombo no orçamento. Infelizmente – pelo menos até onde eu sei –, eles ainda não são vendidos aqui no Brasil. Mesmo assim, vale se inspirar nos cenários que a empresa cria para divulgar os diversos modelos disponíveis, como esse suspenso, feito pra ser pendurado no teto.

Spa particular

Quando precisa de bons momentos de relaxamento, Cynthia Chua, dona de uma rede de spas em Singapura, se refugia em sua sala de banho ao ar livre. O tamanho da abertura no teto para a entrada de luz do sol nem precisou ser muito grande, apenas o suficiente para cobrir toda a banheira de pedra. Assim Cynthia pode tomar longos banhos com vista para o céu. Certamente um cantinho pra se esquecer do mundo.

Destaque na Casa Cor

Ultimamente, em todas as edições da Casa Cor, seja em São Paulo ou na Bahia, os jardins verticais marcam presença em pelo menos uns dez projetos. No ano passado, os arquitetos Paulo Rosenstock e Luciana Blagits usaram samambaias viçosas para trazer vida ao Home Theater da mostra em Santa Catarina. Já na edição carioca desse ano, uma parede verde valoriza a Praça Casa Cor, ambiente assinado pelas paisagistas Marisa Lima e Emmilia Cardoso.

Fachadas vivas

E quem disse que eles só podem ser usados no interior das casas? Fachadas inteiras, de residências e até de grandes prédios, já receberam espécies verdejantes, transformando a paisagem urbana. Eis aqui dois exemplos incríveis: a Casa JH, com arquitetura idealizada pelo escritório Bernardes & Jacobsen e paisagismo concebido por Gica Mesiara, e o projeto do estúdio Samyn and Partners, com muros vivos e recortes fechados por vidro.

Além das casas

Os espaços comerciais também não ficam de fora. No aeroporto de Biggin Hill, próximo a Londres, os designers do estúdio SHH incluíram um jardim vertical no lounge para os passageiros VIP da companhia aérea Rizon Jet. Agora até mesmo as vitrines de lojas estão exibindo plantas variadas, caso da Replay, em Barcelona.

Leia também: Sexta Inspirada! Jardins e Áreas Externas.

Uma caixa para o box

Boa ideia: Apesar de achar bem interessante no sentido estético, muitas vezes fico me perguntando o quão funcional são aqueles banheiros totalmente abertos e integrados. Como fazer nos dias de frio sem box? Uma solução também inusitada e que não anula a opção de salas de banho bem amplas é colocar o box dentro de uma caixinha de alvenaria. Fica elegante e ainda dá certo no verão e no inverno.

%d blogueiros gostam disto: